Jantar de Gala de Natal da Academia do Bacalhau de Paris no Pavillon Dauphine

O Pavillon Dauphine, em Paris, vestiu-se de branco e dourado para receber comadres, compadres, seus familiares e amigos para o jantar de Gala de Natal da Academia do Bacalhau de Paris. O evento teve lugar a 7 de dezembro e reuniu 220 pessoas para uma noite de amizade, portugalidade e solidariedade num ambiente festivo.

Este jantar contou com a presença de algumas personalidades da comunidade portuguesa em França, como o Cônsul Geral de Portugal em Paris, António Albuquerque Moniz, e o Reitor Nuno Aurélio.

Estiveram ainda presentes os representantes das empresas patrocinadoras do evento, nomeadamente: Jean-Phillipe Diehl (Banque BCP), Diogo Teixeira (Império), Paulo Pereira (Quinta da Pacheca), Carlos Ferreira (CFM), Manuel Soares (Real Marbre), Frédéric Passadouro (Vivenda Immobilier), Alexandre Bregieiro (Project Ravflex) e Filipe Alves (Hotel Matissa). O evento contou ainda com a representação de duas empresas que têm continuamente apoiado a ABP ao longo dos anos: a Caixa Geral de Depósitos, que se fez representar por pelo seu presidente em França, Nuno Luz de Almeida e por diversos funcionários; e a Fidelidade, na pessoa do presidente Francisco Braz de Oliveira.

Pelas 20h00, começou a receção aos convidados pelos membros da direção e pelo mestre de cerimónias da noite, o DJ José Luís Branco. Enquanto era servido um aperitivo no salão Chapiteau, o violinista Pedro Carvalho encheu o espaço com os sons ricos do seu violino, criando uma atmosfera elegante e sofisticada.

Após a receção, os presentes foram convidados a dirigirem-se ao salão principal, onde se deu início ao jantar.

Manuel Soares, presidente da ABP, tomou da palavra para agradecer a presença de todos, os compadres e comadres, familiares e convidados, bem como das personalidades presentes e dos patrocinadores do evento.

Um Gavião de Penacho, foi o mote para se dar início ao jantar, que foi servido ao som da música do violinista Pedro Carvalho.

Terminado o prato principal, a palavra foi dada aos patrocinadores: a Quinta da Pacheca, a Império Assurance e o Banque BCP. O representante deste último, Jean-Phillipe Diehl, disse que pagaria a multa necessária por falar deste assunto, mas queria anunciar que “vamos continuar a fazer o nosso melhor para acompanhar os vossos projetos, para vos proteger a vocês, às vossas famílias e ao vosso património, contribuindo sempre para a sua valorização”, declarando ainda que o Banco BCP “está muito orgulhoso por apoiar esta gala da ABP”.

Já Diogo Teixeira, diretor-geral da Império, disse na sua intervenção que “O jantar de gala da Academia do Bacalhau encerra um ano de angariação de fundos e de solidariedade realizada diariamente por uma associação muito querida pelos portugueses que vivem em França. A Império está presente em França, ao lado da comunidade portuguesa, desde 1971, e fica muito feliz por poder ser parceira neste evento. Para a Império, é sempre uma honra apoiar iniciativas que promovam otimismo, sentido cívico e capacidade de mobilização, como as da Academia do Bacalhau”.

Tomou ainda da palavra o Cônsul Geral de Portugal em Paris, a terminar funções depois de quatro anos no cargo. “O nosso muito obrigado e votos de sucesso nas suas novas funções de Embaixador”, declarou Manuel Soares, pedindo depois uma salva de palmas para o Cônsul cessante.

Após os discursos, o presidente da ABP anunciou que se iria proceder ao sorteio de três garrafas de vinho, Quinta da Pacheca edição especial Tony Carreira, com uma dedicatória especial e personalizada do artista.

Depois do sorteio, do café e de um vinho do Porto oferecido pela Quinta da Pacheca, Manuel Soares dirigiu-se novamente aos compadres e comadres, agradecendo a presença e deixando votos de boas festas e de ano de 2020 muito feliz para todos os presentes.

A noite ainda estava longe do fim. O DJ José Luís Branco abriu a pista de dança, convidando todos a abrir o baile, com uma valsa parisiense. Compadres e comadres encheram a pista num ambiente de festa e de verdadeira alegria.

Foi o culminar de mais um ano dedicado a pôr em prática os pilares da amizade, portugalidade e solidariedade.

A festa terminou noite dentro, no salão Chapiteau, onde foi servida o champanhe e onde continuou a música e a dança.

Esta foi a altura escolhida pela ABP para surpreender os convidados distribuindo a nova revista, também ela festiva, a comemorar a sua 10ª edição, e por isso cheia de purpurinas.

Copyright 2005-2018 © bacalhau.fr All Rights Reserved
Conception & Réalisation : inzewind.com